ACEITA UM CHÁZINHO?
CLICA NA JAPONZINHA

Amigos(as)....

Hoje é um dia muito triste para todas nós blogueiros,estamos de luto.
Nossa querida amiga Mel http://www.brincandonooasis.com/, perdeu sua filhinha com dengue hemorrágica.Mel receba meus sentimentos sinceros.

JOIAS DEVOLVIDAS

Narra antiga lenda que um rabi, religioso dedicado, vivia muito feliz com sua família. Esposa admirável e dois filhos queridos. Certa vez, por imperativos da religião, o rabi empreendeu longa viagem ausentando-se do lar por vários dias. No período em que estava ausente, um grave acidente provocou a morte dos dois filhos amados. A mãezinha sentiu o coração dilacerado de dor. No entanto, por ser uma mulher forte,sustentada pela fé e pela confiança em Deus, suportou o choque com bravura. Todavia, uma preocupação lhe vinha à mente: como dar ao esposo a triste notícia? Sabendo-o portador de insuficiência cardíaca, temia que não suportasse tamanha comoção. Lembrou-se de fazer uma prece. Rogou a Deus auxílio para resolver a difícil questão. Alguns dias depois, num final de tarde, o rabi retornou ao lar. Abraçou longamente a esposa e perguntou pelos filhos... Ela pediu para que não se preocupasse. Que tomasse o seu banho, e logo depois ela lhe falaria dos moços. Alguns minutos depois estavam ambos sentados à mesa. Ela lhe perguntou sobre a viagem, e logo ele perguntou novamente pelos filhos. A esposa, numa atitude um tanto embaraçada, respondeu ao marido: deixe os filhos.Primeiro quero que me ajude a resolver um problema que considero grave. O marido, já um pouco preocupado perguntou: o que aconteceu? Notei você abatida!Fale! Resolveremos juntos, com a ajuda de Deus. - Enquanto você esteve ausente, um amigo nosso visitou-me e deixou duas jóias de valor incalculável, para que as guardasse. São jóias muito preciosas! Jamais vi algotão belo! - O problema é esse! Ele vem buscá-las e eu não estou disposta a devolvê-las, pois já me afeiçoei a elas. O que você me diz? - Ora mulher! Não estou entendendo o seu comportamento! Você nunca cultivou vaidades!... Por que isso agora? - É que nunca havia visto jóias assim! São maravilhosas! - Podem até ser, mas não lhe pertencem! Terá que devolvê-las. - Mas eu não consigo aceitar a idéia de perdê-las! E o rabi respondeu com firmeza: ninguém perde o que não possui. Retê-las equivaleriaa roubo! - Vamos devolvê-las, eu a ajudarei. Faremos isso juntos, hoje mesmo. - Pois bem, meu querido, seja feita a sua vontade. O tesouro será devolvido. Na verdade isso já foi feito. - As jóias preciosas eram nossos filhos. - Deus os confiou à nossa guarda, e durante a sua viagem veio buscá-los. Eles se foram. O rabi compreendeu a mensagem. Abraçou a esposa, e juntos derramaram grossas lágrimas. Sem revolta nem desespero.

4 comentários:

  1. Nossa!!! Que Deus esteja dando forças a essa família e que eles possam encontrar alento para essa dor...
    Estarei orando por eles...

    ResponderExcluir
  2. estamos muito tristes pela Mel,pois nunca pensamos que poderia acabar assim ...por isso hj passo apenas pra dizer que tem um selinho pra vc que eu fiz com muito carinho
    bjs!! casadalara.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá selma!Que horror!Nossa tritesa é muito grande.Não consigo esquecer um só minuto da Mel.Fiquei assustada em pensar como estamos unidas através da internet!É como se conhecesse a Mel e ela fizesse parte da minha familia.E realmente somos todos irmãos e não é por acaso que nos encontramos mesmo sendo atrvés do computador.Beijos amiga e fique com Deus

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus amiga... que isso que acabei de ler??? Nossa eu sou mãe e meu coração hoje chora com a Mel...

    ResponderExcluir