ACEITA UM CHÁZINHO?
CLICA NA JAPONZINHA

Fadas não dormem...
Seus olhos são como janelas que ficam
num eterno entardecer...
Fadas são inquietas e brilhantes
como um farol na ponta de um rochedo...
Invadindo indiscretas a escuridão do peito.
Fadas são sábias como velhos livros,
são brilhantes do espaço e do tempo.

Seres de opalina, pérolas e diamantes
voando entre ondas de música.
Fadas são donas dos mistérios, dos silêncios e dos ruídos.
Suas presenças são rápidos reflexos de vagos anseios divinos.
Fadas são almas escondidas em corpos humanos...
(L. A. Gasparetto )

2 comentários:

  1. Adorei a fada....
    Feliz dia das mães

    ResponderExcluir
  2. Sou do blog maria do pano
    beju

    ResponderExcluir